19/05/2007

O Nosso Prémio "Deixem-se de Merdas".....assim!?

Muito obrigado, caro Aminhapele!
"Merda, muita merda", já entrou nos ouvidos dos sócios deste blogue por causa do nosso trabalho de teatro (para os leigos nesta materia: antes de entrar em cena os actores costumam dizer uns aos outros "merda" em vez de "boa sorte", um hábito que remonta ao século 19, se não me engano: Sarah Bernardt, França!?)
Um prémio "Deixem-se de merdas!" também fica bem para um blogue que já tratou de vários assuntos escatológicos, alguns posts tornaram-se escatológicos por causa dos comentários dos nossos leitores.
Continuaremos por isso este caminho, mesmo escorregando de vez em quando ao pisar uma merdinha de um cão mal acompanhado. Como disse o grande Mahatma Gandhi: "O caminho é tão importante como o destino".

3 comentários:

rui r. disse...

um prémio anti-prémio é um orgulho.

rui r. disse...

sabes que também se conta outra versão, que remonta ao sec XVIII e que tinha a ver com a quantidade de público. quando havia muita merda junto ao teatro queria dizer que tinham vindo muitas carroças com os seus cavalos cagadores, o que representava muito público.
Não sei qual delas representa a origem da expressão mas isso já não importa hoje em dia desde que não se agradeça...

Rini disse...

Então se calhar foi a Sarah Bernhardt numa noite chuvosa a sair do teatro depois da sua actuação e meter o seu belo pezinho numa poça com merda de cavalo: "Merde!"...