28/05/2007

azul, vermelho e preto


10 comentários:

rui r. disse...

mas o melhor é ter sido postado às 19:00 horas em ponto.

Rini disse...

Melhor ainda seria às 17:00 h em ponto.
"A las cinco de la tarde, eran las cinco en punto de la tarde" (Federico Garcia Lorca, "La cogida y la muerte", 1935)

rui disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rui disse...

http://anacruses.blogspot.com/2007/01/iniciao-reproduo-musical.html

o post de 16 de janeiro também tinha um miró.

Rini disse...

Mais um post "Cage-iano"?
What is the purpose!?
Is there a purpose?

Fernando Mota disse...

E pumba, lá vamos nós outra vez. What is the purpose of art? Poderia responder-te com a referida citação do Cage mas hoje sinto-me mais Sinatra: "Dobedobedoo..."

Rini disse...

De qualquer maneira prefiro o "Azul, vermelho e preto" do Miró àquele do meu compatriota Mondriaen (mas para "connoisseurs" deve ser uma barbaridade dizer isto....)

Rini Luyks disse...

O.K., uma tentativa mais construtiva....
No "início" eu pensava que a arte só servia para tornar o mundo um pouco mais bonito, ou para escapar ao mundo real (às vezes feio...).
John Cage e Bertolt Brecht (para mencionar dois "art-istas" criadores que passaram recentemente por este blogue) têm visões bastante distintas em relação à função da arte, acho. Mas ambos são para mim "janelas que deixam entrar a luz" (já não me lembro de quem vem esta definição de artista criador).
Depois há o lado do "público" a emocionar-se ou não com o trabalho do artista. O que é bonito é que cada um com a sua história "pessoal e intransmissível" pode fazer a sua própria interpretação de uma obra de arte, muitas vezes diferente das "intenções" (se intenções houvessem) do artista. Assim a interpretação também é um processo criativo que pode gerar outras obras de arte.

António Pires disse...

Como é que se diz em castelhano «um pintor famoso olhou daquele lado»?

Resposta: Picasso Miró Dali...

Rui Rebelo disse...

muito boa caro António Pires.