07/01/2009

Nicanor Zabaleta - O Harpista Basco

Continuando a campanha pela Harpa, deixo-vos as "variações sobre um tema de mozart" do Glinka, tocados pelo grande harpista basco  Nicanor Zabaleta que (acabei de ver na wikipedia) faria hoje 102 anos.

7 comentários:

M.Júlia disse...

Lindo! Se existe som celestial, este deve ser um deles.

Rini Luyks disse...

Quando vivia na Holanda gostei muito do harpista bretão Alan Stivell.
Em Portugal descobri o galego Emilio Cao, ouvi o tocar na Mãe d'Água, acho que foi nas Festas de Lisboa 1993, lindo.
Há muitos "Youtubinhos" de ambos.

Fernando Vasconcelos disse...

Glinka, grande compositor Russo, do grupo dos cinco se não estou em erro.

Rini Luyks disse...

Glinka, considerado o pai da música erudita russa, influenciou fortemente o Grupo dos Cinco (Borodin, Balakirev, Cui, Mussorgsky e Rimsky-Korsakov).

Associações espontâneas:
- Tenho muitas saudades da Festa da Música 2001 no CCB, inteiramente dedicada à Música Russa, para mim de longe a melhor da série das Festas até agora.
- colegas Rui R. e Fernando M. podem lembrar-se de uma noite em Penamacor no Verão de 2003, onde cantei numa madrugada (depois de uma actuação dos "Sarroncas", o quarto elemento era o Xico Tonto) uma ária de "Ruslan e Lyudmila", ópera de Glinka (ver também os comentários ao post Anacruses de 28 de Fevereiro 2007).

rui disse...

No dia em que fizeste 50 anos. tinhamos bebido um bocado e eu acompanhava-te ao cavaquinho enquanto tu ias antecipando as notas. memorável noite.

Rini Luyks disse...

Não, Rui, fiz 50 anos no Santiago Alquimista, concerto Bigodes Band, também estavas lá!
Em Penamacor foi uma "antecipação" (mais vale festas a mais!)

jacker disse...

You these things, I have read twice, for me, this is a relatively rare phenomenon!
handmade jewelry