30/01/2009

Monumento ao sapato em Tikrit (Iraque)

Uma semana depois da sua saída da Casa Branca o ex-presidente Bush (isto soa bem) já tem o monumento que merece. Uma escultura de uma tonelada em cobre em Tikrit mostra o modelo do sapato que o jornalista Muntadar-al-Zeidi atirou ao George W. durante a sua última visita ao Iraque.

http://anacruses.blogspot.com/2008/12/mais-vale-tarde-do-que-nunca.html

http://ww1.rtp.pt/noticias/index.php?headline=98&visual=25&article=385246&tema=31

4 comentários:

rui r disse...

gosto. se houver miniaturas compro uma

mdsol disse...

Jura? Que máximo... até no tamanho! Vai ver ainda é um americano comercializa as miniaturas eheheh
:)))

Sol do Deserto disse...

Belíssimo!
Isto prova que Iraquianos não desejam intervenção estrangeira em seu território. Isso prova que Bu$h teve o que mereceu e ainda foi pouco.
O Mundo percebeu, com a atitude do jornalista Iraquiano, quem é quem nessa História, mais uma vez.
Punição para os verdadeiros terroristas, que humilham, invadem, ocupam, torturam, destroem e massacram e... ainda por cima tem a ousadia de dizer que era para levar "liberdade" e "democracia" ao Iraque.
Presidente Saddam aprovou, com certeza!

Silvares disse...

Segundo li algures o monumento já foi retirado do local. É como naquela história do monumento à porta da sede da União Europeia em Bruxelas que teve de ser parcialmente tapado. A arte contemporânea continua a ser muito mal... amada.
:-)