09/06/2007

Ilha Terceira - Quase Paraíso




A primeira viagem da Kumpania Algazarra aos Açores (no mês de Agosto estão previstas mais duas idas). Hospitalidade, um concerto com chuva, um passeio inesquecível no interior da Ilha Terceira (fazer clique nas imagens para ampliar as fotos).
"Quase paraíso" por causa da presença militar que é uma vergonha.
Um espaço tão verde com um sinal de entrada proibida "excepto a veículos militares, forças policiais e serviços florestais", isto não fica muito bem...
Para não falar na base militar das Lajes onde foi decidida o início da última guerra no Iraque no domingo 16 de Março 2003. Como sugeri num comentário a um post anterior ("Dia Mundial da Criança", 1 de Junho): "Blair, Aznar, Durão e Bush", (sete sílabas, escandidas como cinco colcheias e duas semi-colcheias em staccato de metralhadora, pois é esta a "música" que os Senhores da Guerra entendem melhor), "apagaram aqui para muitos a luz" (seis semi-colcheias, uma pausa de uma colcheia e mais seis semi-colcheias, duas rajadas...).
Desculpe este desabafo de um objector de consciência, mas tinha que ser....

7 comentários:

António P. disse...

Boas !
Quase..!!!!???
Não será mesmo ?
Cumprimentos

Rini disse...

QUASE, caro António P., por causa da 3ª foto e também por causa da aterragem e partida na base das Lajes. Sei que sou bastante (hiper)sensível nessas coisas, mas quando vejo aparecer aquelas baracas dos militares "aliados" (aliados a quem??, a mim não!!), para mim só há lugar para indignação...
No voo de ida tive uma "aliada" açoriana na cadeira atrás de mim: "Na Guerra dos Seis Dias entre Israel e a Frente Árabe (que foi há exactamente 40 anos, entre 5 e 11 de Junho 1967) atracaram aqui muitos porta-aviões americanos", disse ela. A base serviu para trânsito de voos bélicos nessa Guerra, como já foi provado. Adivinhar uma vez qual terá sido o destino dos voos...

rui disse...

Pois é Rini, mas isso é uma base militar postada num paraíso. Não faz parte dele. Os Açores são realmente um paraíso. Um dos lugares mais lindos onde já fui.

Maria disse...

A base é uma vergonha.
Mas as ilhas dos Açores são lindas....
Pudesse eu e a base ia para "a bush que a pariu"...

Boa semana

Vieira Calado disse...

É verdade que essas colcheias cheirando a pólvora, a mim, trazem-me algum engulho.
A ilha seria muito mais bela sem esses ecos.

Rita disse...

A base é feia, sim. Mas só ocupa uma pequena parte de uma ilha. Era importante para a economia. Às vezes é preciso sacrificar umas coisas em prol de outras. Para o turista é feio, mas para quem vive na ilha, a base era importante.

Rita disse...

Disse "era" porque mais dia menos dia irão reduzir o numero de pessoas que lá trabalham (e como tal, menos dinheiro a entrar) mas os contentores lá ficarão.