11/02/2009

Fa Ut La - A mágica flauta





Há pelo menos 40.000 anos que a flauta nos acompanha. E já antes os pássaros e o vento interpelavam o espírito dos nossos antepassados, alimentando a necessidade da melodia e incentivando a criatividade dos sons produzidos pela voz. A palavra terá nascido da música, da capacidade de produzir sons diferenciados. O cérebro humano com a música dá o seu maior passo evolutivo depois da libertação do polegar.

A flauta faz parte do nosso património genético. É, juntamente com a voz, a mãe da melodia. 
Vamos votar no nosso sangue. VOTA FLAUTA.

6 comentários:

Maria Velho disse...

o votário não deixa votar em mais de 2 instrumentos? eu queria votar em vários!

rini, a cantar raramente na casa de banho, pois os holandeses são porcos e Só-Lá-M'i--m'i disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rini, a cantar raramente na casa de banho, pois os holandeses são porcos e Só-Lá-M'i--m'i disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
rini, a cantar raramente na casa de banho (Só-Lá-M'i-Ré(i)-Si-Lá-Fá(z)-Sol), pois os holandeses são porcos... disse...

..e o"votário"(boa!) também me faz lembrar que na eleição anterior (do cordofone) um instrumento importantíssimo não foi a votos: a voz humana!

mdsol disse...

[Num boto... já botei e só boto num!]

Que bom é participar nestes concursos... parabéns!
:))

ana b disse...

Hamelin...