05/07/2007

Máscaras


Cada vez mais conheço as máscaras e não as pessoas.
Cada vez mais se utilizam mais máscaras para as mais variadas ocasiões.
Máscaras como armaduras ou como armas.
Qual é o nosso verdadeiro rosto sem máscara?

_____________________________________________


“Quando quis tirar a máscara, estava pegada à cara.
Quando a tirei e me vi ao espelho. Já tinha envelhecido.”

Álvaro de Campos

11 comentários:

un dress disse...

cada vez mais


... NADA

Maria Velho disse...

"Escolher a própria máscara é o primeiro gesto humano e solitário" ...

Rui Rebelo disse...

un dress,

exactamente. a partitura em branco onde pode ser escrita qualquer música...

_______________________________

maria velho,

fui pesquisar para ver de quem era a citação e descobri que era da Clarice Lispector. Conhecia vagamente a sua biografia mas não tinha lido nada dela. Fiquei com vontade de ler. Obrigado. É assim que me vou sentindo mais rico...

______________________________

pelos vistos as reticências são uma constante quando se fala de máscaras...

Fernando Mota disse...

as time goes by...

CH disse...

corri olhos pelo anacruses.
gostei bastante de tudo, do cuidado com as imagens à criatividade dos textos deixados.
...
quanto às máscaras, o cotidiano parece um vasto campo para treinar as habilidades do seu uso. e infelizmente, com isso, a autenticidade se esvai.
...
deixo a todos os meus sinceros cumprimentos, adiantando que colocarei no meu blog um link para o anacruses.
voltarei outras vezes.
abraços.
Carlos

xistosa disse...

A máscara está sempre presente.
É o disfarce velino, (mas falso) da inércia.

Cristina GS disse...

Gosto de passar por aqui. É fresco e arejado. Quanto às máscaras, acho que temos tantas que não podemos falar no singular. Resta saber se ainda nos vamos reconhecendo ao fim de tantas camadas.

Vieira Calado disse...

É assim a vida. O Fernando é que, quando percebeu, já era tarde. Por isso era poeta.

JuliaML disse...

...o melhor mesmo, é não perder a inocência ao olhar para as coisas;não pensar muito, pq faz mal aos olhos , esquecer o que aprendeu.. Esse é o concelho que o mestre Caeiro dá ao Eng. Álvaro de Campos !

Só para dizer que gostei do que vi aqui. Anacruzes não é ,concerteza mais um blogue.

Júlia

rui rebelo disse...

obrigado pela visita juliaml.

Conselho taoista ao pensamento ocidental...

P.S. anacruses é com "s"

Anónimo disse...

...