22/05/2008

Pamplona/Iruña

Chegámos há umas horas a Pamplona para fazer "O Grande Criador" em Ansoain. Viemos no único vôo directo de Lisboa, feito num aviãozinho de 18 lugares, que proporciona uma bela mas barulhenta viagem. (dirão os meus colegas, pois eu dormi o caminho todo)

Para mim Pamplona é Cidade de Amigos, Teatro e toros. (apenas ainda não tive contacto com estes últimos, razão da fotografia)
É um prazer voltar aqui.

Coisas realmente importantes: Encontrei hoje numa loja um instrumento parecido com o Hang Drum. Uma "imitação" feita por uns alemães mas com um som maravilhoso. Caro o suficiente para eu voltar lá amanhã para avaliar a situação. A ver se não me tira o sono...

5 comentários:

pedro disse...

e essa avaliação Rui?

internet gambling disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Rini Luyks disse...

Provavelmente voaste num Dornier 228!? No ano passado fiz a passagem entre as ilhas açorianas de São Miguel e Santa Maria nesse tipo de avião (post 28 de Agosto 2008). Depois tive uma conversa por mail com o escritor José Rentes Carvalho que voa sempre num aparelho destes de Lisboa para Bragança, perto da sua terra natal. Tem quase 80 anos, mas diz que toma sempre umas cervejolas antes de entrar no avião...

rui disse...

Caríssimo Rini,

Eu não tenho medo de andar de avião. gosto bastante, desde que não seja muitas horas. Só nesta pequena gira em Espanha foram cinco, todos pequenos menos Madrid-Lisboa. Havia greve da Ibéria e penso que eram aviões de pequenas companhias a fornecer os serviços.

_____________________

Pedro,
Acabei por não comprar o tal instrumento mas reservei um para me enviarem por uma amiga em Julho.

Rini Luyks disse...

...Post 28 de Agosto 2007, claro...