23/03/2008

Kumpania Algazarra no MusicBox Lisboa


No mês passado a Kumpania Algazarra lançou o seu primeiro álbum (clicar na imagem para ampliar e ler alguns recortes da imprensa).
Já houve apresentação do trabalho na RDP-Antena 1 (programa "Viva a música"), nas lojas FNAC e em vários bares. Neste fim de semana de Páscoa, por exemplo, cinco concertos na área do Porto, esta banda não para!
No próximo sábado dia 29 à meia noite há concerto no MusicBox, Rua Nova do Carvalho 24 em Lisboa (perto do Cais do Sodré).
Entrada 8 euros (oferta de 3 euros de consumo), CD à venda por 10 euros.
No fim de 2007 eu tinha que pedir o estatuto de "músico-suplente" na banda por incompatibilidade com o meu trabalho no teatro e na Fundação do Gil (Hora da Música em pediatrias de hospitais).
Claro que ficaram saudades (de ambas as partes, julgo poder afirmar) e no próximo sábado espero fazer uma curta reaparição como convidado, interpretando uma canção russa que ficou famosa há 100 anos na versão de Fyodor Shalyapin (esta parte da mensagem é especialmente dirigida ao jornalista António Pires...). Vai ser "una giornata particolare": à tarde, em Coimbra, vou fazer o meu "come-back" na Alta Competição do Xadrez depois de uma ausência de quase dois anos, muito por "culpa" desta mesma Kumpania Algazarra.... Está em causa a liderança na 2ª Divisão B, disputada entre o meu clube GX Alekhine e Académica de Coimbra. Vou jogar com o primeiro tabuleiro deles, ele chama-se Evangelista, por isso deve saber muito...
P.S. Domingo dia 30: a "giornata" foi mesmo "particolare". Ao fim da tarde empatámos em Coimbra, tanto eu na minha partida como a equipa no encontro, um bom resultado que nos mantém na corrida para a subida à 1ª Divisão. Só que na viagem de regresso a Lisboa quem conduziu foi o único jogador da nossa equipa que tinha perdido o seu jogo. Por experiência própria sei que logo depois de uma derrota um jogador de xadrez está temporariamente bastante vulnerável e desorientado, por isso vi com alguma preocupação o nosso carro colado às traseiras dos automóveis da frente, tipo corrida de carrinhos de choque, mas à velocidade de 150 na hora. Felizmente chegámos bem e à noite ainda consegui dar o meu contributo ao concerto dos Algazarra no MusicBox. Vamos repetir a dose num concerto na Fábrica Braço de Prata na sexta-feira dia 11 de Abril, será o lançamento oficial do álbum, já à venda..
A seguir um post da canção russa que interpretei no concerto, muito à minha maneira, claro...

6 comentários:

rui mota disse...

Espero lá estar, na MusicBox.
Já relativamente ao xadrez, aconselho uma "abertura siciliana", para impôr respeito ao evangelista...Os cristãos têm medo da mafia!

rui rebelo disse...

tenho espectáculo aqui em Brasilia nesse dia.
com muita vergonha e pena minha nunca vos/te consegui ver.
amanhã vou reencontrar a cidade. a ver se à noite faço um post, já que a vida boémia me está iterdita.

abraço,

rui

Rini disse...

Caro Rui M.,

Obrigado pelo conselho xadrezístico que revela algum conhecimento de jogador experimentado!? De facto joguei durante vários anos a Defesa Siciliana, nomeadamente a Variante do Dragão com roque em flancos opostos. Hoje em dia já não estou muito actualizado em termos da teoria das aberturas, por isso sirvo-me em geral da Defesa Francesa.

Não só os mortais cristãos têm medo da Máfia. Em Agosto do ano passado fiz uns posts sobre aparições marianas (para fazer as pazes com a minha irmã...). Nossa Senhora revelou-se em muitas ocasiões, mas em Syracusa (Sicília) limitou-se a verter umas lágrimas, até a Virgem Santíssima tem medo da Máfia!

Caro Rui R.,

Bom espectáculo em Brasília!
Mas que frase terrível para dizer no Brasil: "a ver se à noite faço um post, já que a vida boémia me está interdita".....
Não haverá lá um "néctar da vida boémia abstémia"!?

rui r. disse...

Caro Rini,

Claro que também se vive a noite abstémio, mas quando se chega ao hotel não se cai redondo na cama e por isso há tempo para um post.

os sumos de fruta natural são maravilhosos e as mulheres lindas. e assim vou esquecendo a caipirinha...

António Pires disse...

Rini:

Obrigado pela «dedicatória» :) Não vos vi no Musicbox mas conto ir ao concerto na Fábrica de Braço de Prata.

Um grande abraço

Rini disse...

O.K. António, sempre bem-vindo! Na Fábrica vou tentar uma versão da canção russa mais próxima daquela do Exército Vermelho no post...