06/08/2008

Chegada de um ciclista olímpico a Pequim (sem comentário)


4 comentários:

Maria Velho disse...

Rini
Ao ver esta imagem não me ocorreu, de imediato a enorme poluição em pequim...ocorreu-me sim a imagem da mordaça, da censura, do desrespeito pelo que tod@s temos para dizer...
Consta que mata tanto, ou mais, do que a elevada nuvem que ensombra o sol na "cidade-modelo" dos direitos humanos!

Rini disse...

Cara Maria Velho,

Também interpretei a imagem no duplo sentido da poluição física e do desrespeito pelos direitos humanos. Mas se o atleta (americano) tivesse posto a máscara no sentido "mordaça", acho que mais valia ele ter ficado em casa. Para mim neste caso participar é consentir, as possibilidades de protestos lá devem ser quase nulas. Ainda quero ver o atleta campeão com coragem para se manifestar em Pequim durante uma entrega de medalhas!

Rini disse...

Agora vejo na RTP (pela enésima vez) a repetição da ceremónia da abertura dos Jogos Olímpicos em Pequim, inclusive a alegada chegada da chama olímpica. Mas é mentira! Todos que estiveram presentes no concerto da Kumpania Algazarra no dia 11 de Abril na Fábrica Braço de Prata podem testemunhar que durante o espectáculo a chama olímpica foi ludicamente e oficialmente APAGADA!!
Ver post Anacruses de 9 de Abril, comentários.

Rini disse...

"Atleta sueco atira medalha ao chão e vai-se embora", reza a notícia há pouco e quase rejubilei (a minha resposta à Maria Velho aqui acima...).
Mas não, não foi por causa dos direitos humanos que o lutador estilo greco-romano Ara Abrahamian cometeu o seu acto indisciplinado. Nas meias-finais ele saiu derrotado frente ao italiano Andrea Minguzzi e começou uma discussão acesa com o árbitro.
Pouco depois, quando chegou a altura da entrega das medalhas, o sueco ainda não tinha acalmado. Ele recebeu a medalha de bronze, atirou-a ao chão e foi-se embora. Uma das voluntárias recolheu a medalha. No final da ceremónia Ara Abrahamian disse aos jornalistas que tenciona abandonar a modalidade e explicou a sua atitude: "Não me importa nada com essa medalha, eu não queria o bronze, queria o ouro."
O vídeo do acontecimento já foi retirado da net, obviamente.