24/12/2009

Presépio do precário

(clicar para ampliar)

Orçamento:
- figuras do presépio: ofertas gratuitas na compra do Diário de Notícias (outono 2003);
- ornamentos de Natal: 25 cêntimos cada bola;
- pedras porosas: gratuitas, encontradas nos Açores e na Madeira;
- escaravelho em caixinha: 50 cêntimos;
- mini-farol em pedra e estuque: um euro e meio, recordação da Holanda;
- pião (parcialmente visível): dois euros, recordação de Salzedas;
- jeropiga: dois euros e meio (sobrou do magusto);
- panettone: quatro euros e meio, uma extravagância de facto, mas pronto, uma vez por ano...

Bom Natal!

8 comentários:

M.Júlia disse...

Penúria?
Eu diria antes,originalidade!
Gosto das pedras "vulcânicas"(?)

Rini Luyks disse...

Já mudei o título, de facto não se pode falar de penúria com panettone e jeropiga na mesa.
Um bom Natal também para si, cara M.Júlia!

Rui Rebelo disse...

Meu Caro Amigo,

Tenho em casa montes de comida pois este ano fui o anfitrião familiar. Portanto tens de me vir ajudar a comê-la.

Fernando Vasconcelos disse...

Boas festas e um fantástico 2010 !

Rini Luyks disse...

Obrigado, Rui, mas para já não posso mais, foi tanto panettone, tanto panettone...

pedro fiuza disse...

camaradas bloguistas!!! os meus desejos para este ano: vivam bem! abraços de quem tem este blog como uma das suas casas.

Anónimo disse...

Het ziet er allemaal wel erg gezellig uit al kan ik niet alles lezen. Wat Nederlands ertussen moet kunnen. Leuk die oude nummers van ekseption! Echt jeugdsentiment.
groet saskia

Rini Luyks disse...

Welkom, welkom, Saskia.
Na drie jaar en één maand Anacruses het eerste Nederlandse kommentaar!