19/05/2009

Mini - vitória



Assunto: Queixa "call-center MEO" 18-5-2009

Exmo. Sr. Provedor,

Desde 2001 sou cliente do PT-Telecom, serviço telefone fixo, desde 2004 incluindo internet Sapo-ADSL.

Ultimamente tenho sido bombordeado (quis dizer "bombardeado", mas soa bem na mesma) com telefonemas do serviço MEO com ofertas de aderência. O tom da conversa é cada vez mais agressivo, parecem-me empregados precários a trabalhar num call-center com remuneração dependente do número de clientes novos captados. Uma coisa têm em comum: querem fazer sentir-me tolo se eu não aderir!

O caso é que eu simplesmente não quero MEO, quero sim ver-me livre da poluição sonora destes telefonemas, se não vejo-me obrigado a terminar os contratos com PT-Telecom.

A empresa devia ter vergonha de participar nesta batalha selvagem dos media!

Com os melhores cumprimentos,

Marinus Luyks

Assunto: Queixa "call-center MEO" 19-5-2009

Exmo. Sr. Marinus Luyks,

Na sequência da s/reclamação dirigida à Provedoria do Cliente da Portugal Telecom, informa-se que futuramente não constará na base de dados de clientes da empresa.

Apresentamos o nosso sincero pedido de desculpas pelo incómodo causado.

Com os melhores cumprimentos,

Maria do Carmo Lopes, Provedoria do Cliente da Portugal Telecom


3 comentários:

Rini Luyks disse...

...e o Gato Fedorento fede mesmo...

pedro fiuza disse...

hehehe

Rui Mota disse...

Boa Rini,

Esse é o meu método. Nunca falha! Por acaso, deste-me uma ideia, pois ainda não tinha pensado em escrever à PT-Telecom por causa da publicidade do MEO.